Templates by BIGtheme NET

Após repercussão de vídeo, comando diz que PMs não devem criticar juízes em AL.


Militares se queixam que estão “enxugando gelo” e pedem mudanças na legislação e no Código Penal

Armas foram apreendidas com a suspeita no último sábado

Em uma nota curta e de apenas quatro linhas, o Comando da Polícia Militar de Alagoas informou, na tarde desta segunda-feira (14), que não orienta os seus militares que estão nas ruas diariamente no policiamento ostensivo a criticarem as decisões tomadas por integrantes do Poder Judiciário.

A manifestação da polícia se dá horas após um vídeo mostrar a revolta de militares com a soltura de Maria Cícera Oliveira Lima, de 31 anos, que foi presa em flagrante na madrugada de sábado (12) ao serem encontrados com ela, em uma residência no conjunto Cleto Marques Luz, em Maceió, oito revólveres calibre 32 e 38. Ele foi solta horas depois após audiência de custódia.

Também por meio de nota enviada à imprensa, a Associação Alagoana de Magistrados (Almagis), deliberou o “repúdio à atitude dos policiais militares que aparecem num vídeo, que está circulando via WhatsApp, abordando uma mulher, na porta de sua casa, e criticando a decisão judicial que teria lhe concedido liberdade provisória, após ter sido submetida a uma audiência de custódia”.

Nas redes sociais, os militares se queixam pelo fato de colocarem a vida em risco para proteger a sociedade alagoana diariamente e, mesmo com o flagrante e a prova das oito armas apreendidas em desfavor da suspeita, ela foi liberada na audiência de custódia. Sobre a decisão que deixou Maria Cícera Oliveira livre, os policiais apontam que a ordem judicial deve ser cumprida, mas “aqueles que a prenderam podem manifestar sua indignação frente ao fato”.

“Ao tomar ciência da divulgação de um vídeo nas redes sociais, à respeito da soltura de uma senhora que foi presa na última sexta-feira (11) por posse de oito armas de fogo e liberada após a Audiência de Custódia, o Comando da Polícia Militar vem a público informar que não orienta sua tropa a questionar procedimentos do Poder Judiciário, e que sempre cumpriu toda e qualquer decisão deste poder”, destaca a nota do Comando da Polícia Militar de Alagoas.

Confira o vídeo que causou a polêmica:

PMs se revoltam com soltura de mulher

Maria Cicera havia sido presa com oito armas de fogo em casa

Da redação com Portal Gazetaweb.com


Um comentário

  1. REALMENTE A POLICIA ESTA ENXUGANDO GELO, FAZ SEU TRABALHO AI VEM UM “JUIZECO”E SOLTA. AINDA TEM O COMANDANTE CHUMBETA PRA DEFENDER OS JUÍZES E QUEM SABE ATE MANDAR PRENDER OS PRÓPRIOS COLEGAS POR DIVULGAR O VÍDEO. PERGUNTO: PRENDER PRA QUE?

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>