Templates by BIGtheme NET

Menor de 14 anos confessa ter matado irmã por ciúme e sofre agressões na cela


Menores são conduzidos para o IML para fazer exame de corpo delito e logo após foram conduzidos para a Delegacia de Menores

O menor de 14 anos detido ontem como suspeito no assassinato da irmã, Thaís da Silva, de 10 anos, confessou o crime nesta sexta-feira, 3.  O garoto, que estava detido na Unidade de Internação de Menores, foi vítima de um atentado por parte dos internos que dividiam a cela. Acionada, a polícia encaminhou os envolvidos para fazer boletim de ocorrência e depois ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde o garoto será submetido a exame de corpo de delito.

Em entrevista à Rádio Pajuçara FM, o garoto confessou ter assassinado a irmã, no entanto, negou ter abusado sexualmente da menina. Ele contou que ontem estava se sentindo triste e confessou que inventou a história da invasão à residência. Disse ainda que estava tendo alucinações e que via a menina com o rosto desfigurado.

Menor confessa ter matado a irmã de 10 anos no Village Campestre

Durante a entrevista, o garoto disse que não usava drogas e que já chegou a tomar medicamento para dormir. “Tem tempo que eu parei de tomar medicamento”, comentou. Questionado sobre o motivo que o levou a cometer o crime, ele disse que foi por ciúmes da irmã. “Ela tinha pai e mãe juntos e eu não. Tenho pai e minha mãe não mora comigo. Fiquei triste porque meu pai não deixou eu passar o Carnaval com minha mãe” justificou.

Ele também respondeu que procurou o Conselho Tutelar de Bebedouro porque achou que era o correto a fazer. Mas não deu certeza de que a intenção inicial era se entregar.

Tentativa de Homicídio

Os menores de 16 e 17 anos que tentaram assassinar o irmão de Thaís da Silva na Unidade de Internação de Menores disseram que ele teve sorte de escapar com vida. A intenção era matá-lo, depois de uma sessão de tortura. “Ele falou que estuprou e matou a irmã e tarado tem que morrer mesmo. Ele tá ligado no que a gente fez com ele”, disseram os menores na chegada ao IML.

Depois do exame de corpo de delito, o acusado de matar a irmã e os dois menores citados seguiram para a Delegacia do 2º DP, na Jatiúca. O menor de 14 anos deverá ficar em uma cela isolada para evitar novas tentativas de assassinato.

Da redação com Déborah Moraes/Alagoas24horas


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com