Templates by BIGtheme NET

Mutirão em Penedo viabiliza 43 exames para reconhecimento de paternidade


Material genético foi colhido por técnicos do laboratório forense da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) 

 

Foto por: Caio Loureiro
Exames devem ficar prontos entre 30 e 90 dias.
A Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), por meio da Coordenação de Projetos Especiais, promoveu nesta sexta-feira (12) mutirão de exames de DNA no Fórum de Penedo. Na última força-tarefa do ano, foram realizados 43 testes de paternidade.

O mutirão, feito em parceria com o laboratório forense da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), envolveu processos que tramitam em Penedo e nas comarcas de Coruripe, Igreja Nova, Junqueiro, Piaçabuçu, Porto Real do Colégio e São Brás. A previsão é de que os testes fiquem prontos no prazo de 30 a 90 dias.

Desde 2004, quando os mutirões tiveram início, já foram realizados mais de seis mil exames de DNA. “Esse é um trabalho importante porque leva cidadania e ajuda as famílias, sobretudo as crianças, que passam a ter o nome do pai na certidão de nascimento”, afirmou a coordenadora do mutirão, Viviane Mascarenhas.

A técnica contábil Magna Silva Santos esteve no Fórum de Penedo com os quatro filhos. Como o ex companheiro faleceu mês passado, o material das crianças vai ser comparado com o da avó paterna. “Quando pedi pensão alimentícia ele me exigiu o exame. Vim aqui tranquila para provar que os filhos são dele. O exame vai me dar essa prova”.

Fonte: Dicom – TJ/AL


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>