Templates by BIGtheme NET

LRF foi extrapolada por falta de recurso da União, diz Teotônio Vilela


Foto por: Gazeta Web
O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (26), e fez um balanço das ações do governo nos últimos oito anos.

Durante a coletiva Teotônio Vilela ressaltou que os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) foram extrapolados devido a redução dos recursos destinados ao estado pelo governo federal.

O governado disse que neste final de ano R$ 42 milhões deixaram de ser repassados pela União a Alagoas. “Esses recursos eram dados como certos. Inclusive para a Saúde, que teve um corte de 30%”, ressaltou.

Vilela disse ainda que a pior seca dos últimos 100 anos e as enchentes de 2010 contribuíram para o desequilíbrio financeiro do Estado. “A Lei de Responsabilidade Fiscal está sendo uma briga, pois sempre tomei cuidado para não extrapolá-la. Isso aconteceu agora por conta da frustração da Receita. A nossa prioridade foi a educação e a segurança pública”, diz.

Fazendo um balanço de seu governo, Teotônio Vilela citou os dados da Saúde, lembrando que no ano 2000, Alagoas era o estado com o maior índice de mortalidade infantil e, em 2012 passou para a 17ª colocação. Destaco o aumento no número de leitos nos hospitais do Estado que, passou de 149 para 387 nos últimos anos.

Sobre a segurança pública, uma das áreas mais críticas, o governador afirmou que o percurso para combater a violência é lento. “Contamos com as polícias civil, militar e federal, com o Ministério Público e a 17ª vara, que estão sendo parceiros no combate ao crime em Alagoas. Estamos vencendo essa guerra, mas de forma lenta. São dois mil e quinhentos policiais, mais de 400 viaturas e armas. Hoje estamos equipados”, falou.

Nas áreas de educação e esportes, Vilela citou a construção de escolas, o apoio dado aos times alagoanos e os recursos investidos no Estádio Rei Pelé. “Nós melhoramos muito o estádio. Hoje, ele tem centro de treinamento e conseguimos atender melhor ao público e aos atletas”, ressaltou.

O governador falou ainda sobre as melhorias nas delegacias e Detran, a criação da Secretaria da Paz, a construção de novos presídios e obras de infraestrutura. “Queremos concluir todo o saneamento na parte baixa e deixar nossa lagoa limpa. A ideia é limpar a lagoa e as casas ao redor. Estamos fazendo a Bacia da Pajuçara. Eu não vou concluir, mas as obras estão avançadas. O meu governo termina, mas o serviço continua”, destacou Teotônio.

Fonte: Redação com Gazeta Web


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>