Templates by BIGtheme NET

Transportadores alternativos do Agreste e Sertão bloqueiam rodovias em protesto contra ação do Governo


De acordo com a Categoria e Sindicato(COOPERVAN), a paralisação seria motivada por perseguição por parte do Governo do Estado. 

Foto: Rota do Sertão

Rodovias bloqueadas

Está segunda -feira (17), começou difícil para os usuários do Transporte Intermunicipal do Agreste e Sertão de Alagoas, que precisam se deslocar entre os Municípios alagoanos de Olho D’água das Flores, São José da Tapera, Delmiro Gouveia, Piranhas, Olho D’água do Casado, Pão de Açúcar, Santana do Ipanema, Palestina e Monteirópolis, foram surpreendidos com a paralisação dos motoristas ligados a COOPERVAN, (cooperativa da categoria).

De acordo com a Categoria e o presidente da COOPERVAN, Marcondes Prudente, a paralisação é motivada por uma série de reivindicações como perseguição por parte do Governo do Estado. A extinção da ARSAL (Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas), na região do sertão e condições de trabalho. Já que a categoria estaria sendo prejudicada com a nova Legislação e muitos ficarão fora da última licitação. Além de reclamarem das abusivas taxas de guincho cobradas por parte da ARSAL, que chega a R$1.700.00, além das multas que são aplicadas por cada carro alternativos.

Na última sexta feira (14/11), a categoria fez um protesto e conseguiu fechar todas as vias que dão acesso à região do sertão, provocando congestionamento na BR101 e AL220.

Após várias provocações, com a chegada da Polícia Militar comanda pelo major Roberto Vale a categoria se reuniu e chegaram a um acordo, aceitando, onde os mesmos liberaram a pistas e os carros aprendidos por ARSAL, seria encaminhados para o pátio do 7º BPM em Santana do Ipanema até segunda-feira (17), onde o presidente da COOPERVAN (Cooperativa de Transporte Complementar Intermunicipal de Passageiros de Alagoas) Marcondes Prudente estaria se sentando com diretores da ARSAL (Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas) em Maceió, para chegar a um acordo. Mais informações passada para o portal de Notícias Rota Do Sertão por parte da categoria se não chegar a um acordo, a paralisação vai continuar.

 


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>